O lado doce das coisas picantes, e o lado picante dos mais doces momentos da vida…

Últimas

Se não ficas comigo, não ficas com mais ninguém

image

Você começa a precisar de outros lugares, de outras pessoas e de bebidas mais fortes, a frase de Caio de Abréu ecoava fortemente, e o sabor dos doces e quentes dias da primavera não conseguia sentir nem além da linha do horizonte.
Liguei o meu carrinho, meu pronto socorro, e segui rumo a não sei onde pois a única coisa que eu sabia naquele momento era que eu tinha gasolina suficiente para fugir, mas tive de parar, pois não tinha bebida suficiente para esquecer, e quando entrei no bar vi-te com ela, nem era melhor que eu, era apenas ridículamente perfeita, quem precisa de uma mulher assim? Sem defeitos, sem falhas.
Num piscar de olhos, tudo desapareceu, o primeiro sinal de que eu precisava de bebida forte, abri a garrafa e dei o primeiro gole ali mesmo, sem me importar com quem estivesse a ver, até porquê nunca me importei, como daquela vez em que saí de biquini e fui comprar cigarro, simplesmente porque a hora havia passado.
Fumo, bebo, e tenho um milhão de defeitos, mas não ultrapassa o que faria por ti e tu sabes, mas cansei do vai e vém, de ficar com restos de outras, de reconstruir-te e ver-te partir, para dar os meus éxitos a outra.
Por isso, que partas uma perna, ou percas o rabo, que elas olhem pra ti e prefiram outro como sempre fizeste comigo
Se não ficas comigo, não ficas com mais ninguém.

doce e picante, sexy e alucinante

Anúncios

desejo-te enquanto tiver vida

image

Te desejo a todo momento.
Mesmo quando a única coisa que dizes é amo-te.
Especialmente, quando dizes amo-te.
Te desejo, quando fazes aquela cara de mimo, só pra conseguires arrancar algo de mim.
Te desejo quando saboreias a comida, como se fosse a preimeira vez, a tentar sentir-lhe todos os tempêros aos mínimos detálhes.
Te desejo, quando pareces uma menina, com atitude de mulher. És princesa, és rainha, és o que sempre quis ter.
Te desejo, a cada toque no teu corpo, a cada cheiro na tua pele, e a todo sorriso do teu coração.
Te desejo com uma forte paixão.
Teu corpo fonte de prazeres, sensações e loucuras.
És além do que imaginei, e não entendo porquê escolheste a mim.
Mas se algum dia te deixar ir, saberás que perdi a razão. Pois já não consigo ficar sem ti.
Porque eu pertenço a ti e tu fazes parte de mim

doce e picante, sexy e alucinante

Fazemos o mesmo que eles, e o fazemos de saltos altos

image

Podem ser meigas e románticas ou vís e malvadamente cruéis, é, somos assim, sexys por natureza, amigas ou inimigas, apaixoandas ou vingativas, e temos sempre a solução de tudo.
Além de gerar, as mulheres criam, por isso aqui vai algumas invenções femeninas.

Em 1809, a americana Mary Dixon Kies teve sua invenção reconhecida oficialmente. Ela criou um processo para tecer a palha, com seda ou fio, adequado para fabricar chapéus.
Em 1886, Josephine Garis Cochran inventou a primeira máquina de lavar louça, e depois de ganhar vários prêmios, Josephine conseguiu deixar a máquina mais moderna, funcionando automaticamente.
Em 1878, nascia Lillian Gilbreth, mãe de 12 filhos que dedicou grande parte da sua vida a estudar a melhor forma de desempenhar uma tarefa para aumentar a eficiência e a produtividade na indústria. Ela criou a chamada administração ciêntífica, que levava em conta estratégia, planejamento, além de noções de justiça e felicidade. O que torna as ideias de Gilbreth tão especiais é o facto de ela ter sido a primeira pessoa a usar a psicologia na gestão industrial.
Mais tarde, em 1891, vinha ao mundo aquela que inventou um dos melhores amigos da mulher: o sutiã. Mary Phelps Jacob.
Um belo dia, ela se revoltou contra o espartilho, muito usado na época. Para ela, a peça apertava demais e ainda deixava gordurinhas à mostra no vestido.Com a ajuda da empregada, Mary fez uma espécie de porta-seios com dois lenços, uma fita cor-de-rosa e um cordão. Depois de confeccionar cópias para as amigas, resolveu comercializar a invenção.
Marie Sklodovska Curie foi a primeira mulher a ganhar um prêmio Nobel e a única pessoa a ganhar dois prêmios Nobel em categorias diferentes. O primeiro foi o de Física, em 1903, junto com seu marido Pierre Curie. A princípio, a Academia de Ciências de París se recusou a admiti-la como membro e só voltou atrás quando Marie ganhou o prêmio de Química, em 1911.
Um espanto, a mesma mulher ganhar o Nobel duas vezes – se desfazia a ideia da inferioridade da inteligência feminina.
Mas claro, não pararam por aí, mais para os nossos tempos, as invenções femeninas foram acompanhando as evoluções sociais.
Com a câmara de video-vigilância, para ‘segurar’ a casa, criada por Marie Van Brittan Brown, ou o Bluetooth de Hedy Lamar, o filtro de café de Amelie Augugste Melitta Bentz, o limpa para-brisas de Mary Anderson, e claro como zeladora da saude da familia, Leititia Mumford criou seringa dos médicos, e a praticidade da fralda descartavel de Marion Donovan.
Se essas mulheres aceitassem que são inferiores, apenas por serem mulheres e não acreditassem no seu potencial talvéz outros criassem essas invenções ou talvéz elas não existiriam, mas uma coisa é certa.
Ainda bem que elas ousaram, e pensaram ‘fora da caixa’. Bem haja a todas as mulheres que não se resignam, sem dar luta, que haja cada vez mais mulheres com esse carísma.
Ainda há muito para ser inventado, dê asas a sua imaginação e quem sabe na próxima publicação, o seu nome não estará também no blog!!!

doce e picante, sexy e alucinante

Status

image

Podia dizer tanto, mas nada ao certo dirá tudo, por isso apenas digo: Se Deus colocou em ti o milagre da vida, é porque és capaz de tudo, por isso nunca te inibas mulher, seja por que for, seja contra o que for, tu és capaz.
Que sejas valorizada, não apenas hoje, não apenas em Março, mas em todos os dias da tua vida, por todos sacrifícios e glórias que só a ti cabem.
FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER
E a todos homens, que sabem como tratar esses milagres de Deus, que sejam sempre os heróis que são, ao encoraja-las e ajuda-las no que precisam.

doce e picante, sexy e alucinante

Dança erótica

image

Ela canta com amor
Ela fá-lo com paixão
Ela dança como se fizesse amor
Ela é espontânea e sem pudor
Ela è a arte em vida
Ela a todos fascina
O seu rebolar é alucinante
A sua sensualidade inata
Deixa meus pêlos em pé
E claro o resto também
Lentamente torna-se selvagem
Sim, transforma-me em monstro
Atingo o orgasmo, assim eu gosto
E quando a dança termina
Estou satisfeito, foi uma noite divina…

doce e picante, sexy e alucinante

Prisão de liberdade

Todos os os dias acordo, sigo a rotina, escola, casa, trabalho, e no fim de semana um pouco de ‘diversão’, se é que posso chamar-lhe isso (ir para a discoteca, cinema ou num bar com os amigos), tudo muito mecânico.
Mas chega um dia em que fico deprimida sem motivo, fecho-me para tudo e todos, porque a minha alma não está livre.
Vivemos num país livre e democrático, somos pessoas livres, gostamos da liberdade. Discursos que oiço quase sempre mas não são sentidos, são vazíos como os nossos corações.
De que nos serve a liberdade do corpo se o nosso espírito é prisioneiro, de nós mesmos, da sociedade, de cada dia?
Quantas vezes não apreciamos realmente o sabor de um doce, uma sobremesa qualquer, só porque estamos atrasados e nem temos tempo para uma refeição, quantas vezes nos privamos de fazer coisas que nos fazem felizes só de pensar que as pessoas vão comentar ou apontar o dedo mesmo que não haja nada de mal, apenas fazemos algo diferente?
Que liberdade é essa que não me deixa ser quem quero ser, quem realmente sou , por medo de ser rotulada de estranha, ou totó, Que liberdade é essa que não me permite me amar como sou por ter medo de ser chamada gorda, ou magrerrima.
Que liberdade é essa, que não me deixa exprimir meus sentimentos com medo que as pessoas chamem-me de louca por ser extrovertida.
Os tempos mudam, as tecnologias avançam e os seres humanos ficam cada vez mais enclausurados no seu próprio mundo com medo de sí próprio.
Pessoas são presas injustamente por serem negras, outras rejeitadas e humilhadas por serem pobres mas dizem que há igualdade, a exclusão social cria cada vez mais tipos e subtipos, classes e raças apenas de forma a dividir e enfraquecer os outros de forma a que sejam os únicos capazes de evoluir.
Doenças são criadas em laboratórios, pacientes são transformados em viciádos por drogas/comprimidos, os paises cada vez mais rícos e as pessoas mais pobres.
Guerra religiosa, nome inventado para matar pessoas em nome de Deus, Que Deus é esse que vocês dizem conhecer mas não adoptam seus ensinamentos, que liberdade é essa que você diz ter mas não sente?
Não precisas ir a lua ou fazer uma grande descoberta para deixar a tua marca no mundo, e o mais importante para ser feliz.
Olha a tua volta, tudo o que precisas está aí e se não estiver não há problema, vai atráz da tua felicidade, e esquece a sociedade.Mas não te esqueças que és o teu pior inimígo.
Apontamos o dedo a quem mente, a quem traí, e a qualquer um que se atreve a fazer algos de errado mas e nós, os erros que nós mesmos cometemos, as mentiras que contamos, as traições que fizemos? Podem estar escondidas de todos mas o nosso coração conheçe-as e aponta para elas quando apontamos para outros. Já chega de pessoas mesquinhas, seja melhor que aquele que faz fofoca sem conhecimento de causa, e antes de julgar outrém julga-se a sí próprio e torne-se na pessoa que sempre sonhou.
Veja se como um diamante que tens mas precisa ser lapidado até chagar a mais bela perfeição.

doce e picante, sexy e alucinante

Homem ou imaginação

Na minha opinião toda mulher deve ter um homem louco, que faça as coisas mais idiotas pra poder vê-la sorrir, que a leve a lugares que nunca foi(ainda que num plano metafísico), e a  faça sentir-se uma rainha, que saiba como deixa-la louca, que revire seu cérebro, coração,  e toda coleção de roupa interior, que a faça gemer e gritar de prazer e não de dor, que a leve a loucura e consiga  chama-la de volta a razão, que aumente o seu conhecimento e não os ‘cornos’, que seja um príncipe safado e carinhoso ao mesmo tempo.
Um homem que seja seu companheiro, compreenda sua mágoas e deixa passar até aqueles caprichos sem sentido.
Que seja criativo, original, nerd, estranho
Que a faça perder o fólego de tanto rir.
Seja desajeitado, carinhoso, leva-a ao orgasmo.
Seja rude, malandro, deixa- a estérica.
Faça o que for preciso, dê que for necessário, leva-a  a lua e não a traga de volta a terra.
Faça-a ver com  mágia a realidade, maravilhas com sinceridade,
Deixa-a correr, voar, mas nunca rastejar.
Faça-a feliz.
Pode parecer muito ou complexo, mas todo homem pode ser assim!
Muitos são assim, ainda que apenas na imaginação femenina.

doce e picante, sexy e alucinante